close

SOL Y SOMBRA

SOL Y SOMBRA I
SOL Y SOMBRA II
SOL Y SOMBRA

57ª Produção

FICHA ARTÍSTICA

autor Federico Garcia Lorca

tradução Regina Guimarães

encenação Rui Madeira

elenco Carlos Feio, Elisabete Piecho, Fernando Candeias, Francisca Vasconcelos, Jaime Monsanto, Jaime Soares, José Ananias, José Ernesto Moura, Mónica Lara, Rui Jacques, Rui Madeira

cenografia Alberto Péssimo, José Calisto

figurinos Sílvia Alves

movimento Diana Thedim

grupo de Flamenco Diana Thedim (bailaora), Pedro Pimentel ( guitarra)

grupo de Jazz Carlos Rocha, Francisco Rocha, E. T., Paula Veras, Florbela Marques

fotografia Henrique Botelho

Comemoração do 1º centenário do nascimento de Lorca, a partir de pequenos textos do “teatro infasible”: Dragão;Pousada;Sonhos da minha prima Aurélia; Quimera; Passeio de Buster Keaton; O tenente Coronel da Guarda Civil; Drama Fotográfico e Poeta em Nova Yorque.

SINOPSE

Da sua Andaluzia branca e trágica ao mais negro de Nova Yorque, do sol da sua infância à sombra e Harlém e da sua própria morte.

Sol e Sombra: a ideia que vai da lide tensa e perigosa do toureiro frente ao touro, ao silêncio e solidão do grito trágico das mulheres Lorquianas… O Sol e a claridade de uma memória campesina numa qualquer fiesta flamenca e a Sombra e o escuro, na alegria agreste da cerveja que escorre, em qualquer bar nova-iorquino, pela garganta de marinheiros, ao som rouco do jazz…

Rui Madeira