close

Publicações

EDIÇÃO 2013-2016

Temos ainda uma outra área, não considerada estruturante mas de grande importância no trabalho e na história da Companhia. Referimo-nos à Colecção de Cadernos de Cena, onde se publicam todos os textos traduzidos e fora do mercado e os textos inéditos escritos para a CTB, e os Cadernos de Cena, sobre cada espectáculo.

Para este quadriénio, serão editados os seguintes textos:

• Quatro Programas Gerais das actividades da CTB para 2013; 2014; 2015 e 2016

• Sete Cadernos dos Espectáculos, sobre cada uma das 7 Novas Criações: Conversa com o Homem Roupeiro; Sabe Deus Pintar o Diabo; Um Picasso; Os Desaparecidos; Oratória do Vento; Sumidouro, texto de Jorge Andrade

• Quatro Programas específicos (anuais) do Projecto BragaCult 2013/2016

A apresentação deste Programa não invalida que durante o período temporal a que se refere, a CTB não possa encontrar razões para desenvolver outras acções no âmbito destes eixos de trabalho ou em novas propostas. Isso dependerá apenas da nossa disponibilidade física e temporal e, obviamente das dinâmicas criadas e do respectivo suporte financeiro.

2013-2016 EDITION

We have yet another area, not considered structuring but of great importance on the work and history of the Company. We refer to the Theatrical Notebooks Collection, where are combined all the translated and unpublished texts written for CTB, and the Scene Notebooks, about every show.

During this four-year period, the following texts will be published:

• Four General Programs of CTB’s activities for 2013; 2014, 2015 and 2016

• Seven Notebooks of the Shows, on each of the 7 New Creations: Conversation With a Cupboard Man; Sabe Deus Pintar o Diabo (God knows how to paint the devil); Uma Picasso; The Lost; Oratória ao Vento (Wind’s Oratory); Sumidouro, text of Jorge Andrade

• Four Specific programs (annual) of BragaCult project 2013/2016

The presentation of this Program does not alter the fact that during the time period to which it relates, the CTB cannot find grounds for further action under these lines of business or under new proposals. This depends only on our physical and temporal availability, and obviously on the dynamics created and their financial support.